O Imperador — O Livro de Thoth

O IMPERADOR é uma carta de MASCULINIDADE. Expressa ideias de paternidade, razão, normas, ordem, liderança, disciplina, estabilidade, autoridade, força, poder, domínio, vitalidade e energia (controlada).💪👊🔥
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Sobreviver neste planeta exigiu qualidades físicas e autoritárias uma vez que a natureza, constantemente, contribui com meios de nos matar, seja com doenças, predadores ou desastres naturais. A estruturação social que conhecemos foi construída, predominantemente, pelas ações de caráter masculinas que lidam melhor com a noção de controle.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Por outro lado, o DESEQUILÍBRIO dessas qualidades leva à agressividade e ao extremismo. Hoje crescem pensamentos políticos extremistas como os de supremacistas raciais e afins com forte APELO SOCIAL para compensar uma aparente desordem, insegurança, advinda das mudanças causadas pela ciência/tecnologia que vêm abalando pilares sociais como a religião e até mesmo a função do homem. A espécie humana é gregária, ou seja, o SENSO DE PERTENCIMENTO é uma necessidade, influenciando até mesmo na identidade pessoal e grupos de ódio, funcionando como um substituto PATERNO, conseguem atrair oferecendo opção de pertencimento através de demonstração de ordem, autoridade e força (poder).
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Como figura da realeza, segura objetos e usa adornos para mostrar (e justificar) a sua autoridade. Enverga símbolos que a precedem, diminuindo o ser humano em prol da FUNÇÃO SOCIAL como nas forças armadas onde a pessoa não é um indivíduo, mas o representante de uma IDEIA (no caso, o Estado). A despersonalização do indivíduo leva à estereotipagem e simplificação de algo complexo como o ser humano, repleto de nuances e em líderes facilmente infla o EGO. Certos administradores públicos devem ser vistos mais como SERVIDORES do que autoridades. Estamos sempre fabricando líderes com complexos messiânicos.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Herman Faulstich

“Faça o teu querer sem vontade vã.”

“Faça o teu querer sem vontade vã.”